the feminst patronum logo

Um Tom Mais Escuro de Magia | Se apaixone pelo gigantesco universo criado por V.E. Schwab

Atualizado: 21 de abr.

Kell vem de uma Londres onde a magia corre pelas veias de tudo e todos. A magia é parte das pessoas da Londres Vermelha como igual e vista como algo do bem.


Mas existem outras Londres em outras realidades, quatro ao total para ser específica.


A Londres Cinza baniu a magia de vez, a Londres Branca vê a magia como algo que te deixa faminto por mais, e a Londres Preta foi devorada pela magia e ninguém sabe o que sobrou desse povo. Essas Londres já foram unidas, hoje não existem mais pontes entre elas e apenas os Antaris podem ir e vir sob ordens políticas.


Kell e Holland são os últimos Antaris, seres poderosos na magia e respeitados, que conseguem abrir as portas entre cada Londres para realizar a comunicação entre Reis e Rainhas (menos na Londres Preta, essa está lacrada de vez).


Quando misteriosamente uma pedra preta rica em magia acaba em suas mãos, Kell passa a ser perseguido por assassinos poderosos, e ele decide que precisa desesperadamente ir para a Londres Preta devolver essa pedra à onde ela pertence.


Mas nada é tão fácil como parece.



Fazia tempo que eu não lia algo tão bem escrito como a forma única de Victoria (V.E.) Schwab. Ela consegue tornar a introdução deste novo universo, que geralmente é algo lento e demorado, já interessante de cara, apresentando os personagens em momentos diferentes e nunca permitindo a história perder ritmo.


Me apeguei ao personagem principal desde o começo, Kell é uma pessoa calma, do bem e fã de seguir regras que faz péssimas escolhas, ao passo que Lila, a garota que ele acidentalmente esbarra no caminho e passa a fazer parte de sua jornada, é agitada e impulsiva. Os dois juntos tornam a história muito mais interessante e divertida de acompanhar.


Apesar do livro ter um final bem resolvido, estamos falando de uma trilogia e um universo enoooorme, onde tem muito por vi! Os três livros já estão publicados no Brasil pela Galera Record.


Compre aqui e ajude o The Feminist Patronum a continuar crescendo.


estelar tfp.png
thheeeee feeeeem (1).png