Sonic | Crítica

Uma boa surpresa para aqueles que se sentiram desmotivados com o filme do personagem.


Depois da decepção com alguns filmes geeks (cof cof Star Wars Ascensão Skywalker), Sonic não era considerado uma grande promessa, tanto que não havia uma certa empolgação nas redes sociais, entretanto, ficamos surpreendias com um humor tão certeiro e referencias fieis ao clássico jogo da SEGA.


Divulgação: Paramount Pictures Brasil

Sinopse: Sonic, o porco-espinho azul mais famoso do mundo, se junta com os seus amigos para derrotar o terrível Doutor Eggman, um cientista louco que planeja dominar o mundo, e o Doutor Robotnik, responsável por aprisionar animais inocentes em robôs.

Baseado no clássico videogame, o filme consegue lidar muito bem com as referências e o mundo atual, deixando engraçado para todos que estiverem no cinema.


Jim Carrey entrega uma ótima atuação (o que não é novidade), mas não espere um Dr. Robotnik igual aos jogos. Na verdade, não espere muita coisa igual aos jogos. O filme pode apresentar os mesmos personagens, mas segue uma linha muito parecida com o que aconteceu com Os Smurfs, que deixa os personagens mais millenials, capaz de se comunicarem com a nova geração.


Confira no vídeo abaixo como foi para Jim Carrey viver o vilão Robotnik, que é certamente o melhor personagem do longa.

Grande parte do humor do filme é bem caricato e voltado para o público americano, mas não é nada que impeça das crianças se divertirem durante a sessão.


Ao longo da trama somos apresentados a dupla clichê entre Sonic (dublado por Ben Schwartz) e Tom Wachoswski (James Mardsen) que vacilam entre o amor e "ódio", mas que no final se tornam grandes amigos.


É possível comparar Sonic e Pikachu (de Detetive Pikachu)? Nem de longe! Pikachu é extremamente carismático, e responsável pelo roteiro e humor do longa. Já Sonic parece um personagem secundário, comparado a Robotnik, que como dito anteriormente, rouba completamente a cena.


Divulgação: Paramount Pictures Brasil

O final é bem aberto, e apesar de não ser um filme muito fiel aos jogos, é capaz de deixar todos empolgados para uma sequência.


É importante ressaltar que após as reclamações nas redes sociais devido ao primeiro visual de Sonic, o filme foi refeito, mas mesmo assim não apresenta um CGI incrível.


Sonic: O Filme já está em cartaz nos cinemas brasileiros e em breve deve chegar no streaming do Telecine.




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.