the feminst patronum logo

Romance Real | O novo romance sáfico de Clara Alves está entre nós!

Dayanna e sua mãe sempre sonharam em conhecer a Inglaterra juntas.


E Dayanna chega lá, porém, sem sua mãe ao seu lado.


Após o repentino acidente, Day é enviada para morar com seu pai, sua madrasta e sua irmã postiça em Londres. Pai que, no caso, ela não teve proximidade pelos últimos 10 anos e juntou mágoa e raiva o suficiente para saber que essa ida vai ser mais uma situação extremamente difícil e no mínimo desagradável.


Mas sua estadia neste novo país muda um pouco de perspectiva quando uma ruiva belíssima cai nela ao fugir dos muros do Palácio de Buckingham. Nem preciso dizer que já fica nítido que essa vai ser uma história de arrasar corações, né?


Romance Real é o novo livro de Clara Alves que, apesar de ser vendido como apenas um romance sáfico, é um livro que desbrava as dores do luto e mágoa muito bem ao longo de suas curtas 264 páginas.


Arte de Capa por Isadora Zeferino

Dayanna vive uma dor extremamente palpável e válida, tanto que qualquer coisa dita no impulso por ela teve todos os panos passados por mim! É impossível não se colocar no lugar dela ao longo da leitura, em especial em momentos onde ela conhece um lugar em Londres que sua mãe adoraria conhecer também.


Aliás, esse livro é um verdadeiro guia turístico pela cidade em especial para fãs de One Direction, uma vez que não poupa referências ou pelo fato de que os capítulos começam com trechos (no mínimo tristes) sobre momentos difíceis das músicas da banda, como Night Changes.


Os capítulos são alternados entre passado e presente onde, enquanto conhecemos e nos apaixonamos pela tal ruiva que é um amor de pessoa, entendemos o que aconteceu ao longo dos anos para que Dayanna chegasse ao ponto de não conseguir suportar seu pai, a dor de conversar com seus avós e amigas do Brasil e como foi o acidente de sua mãe e porque ela guarda tanta culpa nisso.


Eu sabia que esse livro teria tudo para me conquistar, mas ao ponto de me fazer chorar é porque superou todas as expectativas! Imagino que é isso que acontece quando envolve a mãe na história, não é mesmo?


Compre aqui e ajude o The Feminist Patronum a continuar crescendo!


thheeeee feeeeem (1).png