the feminst patronum logo

Resenha: Conectadas

Em um meio extremamente machista, Raíssa precisou encontrar uma forma de conseguir participar das missões de seu jogo online favorito que evitasse tanto sofrer o preconceito de alguns homens, quanto o assédio de outros. E essa forma, no fim das contas, foi participar do jogo usando o nome de seu melhor amigo Léo, ainda tendo a oportunidade de ajudar outras mulheres do meio a passar pela situação de uma forma bem menos traumática do que a dela.

Ela apenas não imaginava que fosse se aproximar tanto de uma certa jogadora que... não fazia ideia de que era uma mulher do outro lado da tela.


Como lidar com o sentimento de estar se apaixonando por alguém que não sabe quem você verdadeiramente é e agora, 5 meses depois, parece tarde demais para contar?


Aliás, como lidar com o fato de estar se apaixonando por alguém do mesmo sexo no geral?


Conectadas é um Young Adult (voltado para os jovens) nacional e LGBTQIA+ que deveria ser lido por absolutamente todo mundo.


Ele aborda assuntos como auto descoberta e relações familiares de um jeito tão lindo e delicado, mas ao mesmo tempo avassalador, que você mal sente o tempo passar enquanto lê.


Existe personagem assexual, pansexual, bissexual, lésbica, enfim, uma aula sem que você perceba.


Aliás, uma das minhas coisas favoritas em ler livros nacionais é o quanto eu me vejo na história. Durante o enredo acontece um grande evento sobre o tal jogo que me lembrou demais a CCXP, inclusive imagino que a referência do trajeto, localização e espaços seja o São Paulo Expo mesmo porque juro para vocês, eu conseguia SENTIR o que as personagens sentiam, eu conseguia enxergar os detalhes, sentir vibração da multidão, a animação dos painéis e ativações. Foi demais para esse coração que não vê a CCXP (meu evento favorito!) há quase dois anos.


Clara Alves, você me paga por todas as lágrimas que derramei lendo esse livro por mil motivos diferentes.


Eu amei cada mínimo detalhe, me apaixonei por todos os personagens, me envolvi emocionalmente até mesmo com os coadjuvantes, e no fim chorei indignada porque acabou (como assim acabou?????).


Nota: 5⭐


Compre o livro por aqui, sem nenhum custo adicional, e ajude a manter nosso site no ar.


estelar tfp.png