the feminst patronum logo

Quem é: June Almeida

A primeira mulher a descobrir o coronavírus nos humanos em 1964, no seu laboratório no Hospital St.Thomas, em Londres.


june almeida virologista coronavirus
Divulgação BBC

June nasceu em 1930 em Glasgow, na Escócia. Aos 16 anos, em 1947, deixou a escola e, por não ter recursos para ir à universidade, começou a trabalhar como técnica de laboratório em histopatologia na enfermaria real de Glasgow.


Na década seguinte, se muda para o Canadá, onde passa a trabalhar como técnica em microscopia eletrônica no Instituto do Câncer de Ontário. Lá suas habilidades logo se tornaram evidentes e, apesar de não ter uma formação acadêmica, June passa a assinar uma série de publicações científicas, principalmente relacionadas à estrutura de vírus que até então não podiam ser visualizadas.


Em uma visita a Toronto, um professor da Escola de Medicina do Hospital St. Thomas, a convence a retornar a Londres, em 1964. A cientista passa a colaborar com o pesquisador David Tyrrell, que analisava pacientes da unidade de gripe comum do hospital.


Durante a pesquisa, amostras de lavagens nasais de voluntários foram enviadas a June que pode identificar, em seu microscópio, os vírus do resfriado comum, que não podiam ser cultivados convencionalmente em laboratório, e novos vírus ainda não conhecidos, incluindo a família dos coronavírus.


O escritor médico George Winter contou à BBC escocesa que foram June e Tyrrell que batizaram o coronavírus, em função da coroa ou auréola que envolvia a partícula na imagem.



estelar tfp.png