Quem é Courtney Whitmore, a Stargirl?

Caso você viva no mundo da lua e ainda não saiba que a Stargirl vai ganhar uma série solo no DC Universe, aqui vai o trailer para conferir antes de mais nada:


E ai, gostou? Então, hoje vamos falar dessa heroína que não é muito conhecida, mas que certamente merece sua atenção.

DC Comics

Courtney Whitmore é uma jovem super heroína que faz parte do universo da DC Comics, e faz parte da Justice Society of America (Sociedade de Justiça da América) e da JSA All-Stars. Inicialmente ela usava o codinome Star-Spangled Kid, utilizando o Cinto Conversor Cósmico, mas quando Jack Knight se aposentou do nome Starman, ela adotou o nome de Stargirl.


Sua primeira aparição nos quadrinhos foi em Julho de 1999 no Stars and S.T.R.I.P.E.#0


Courtney é filha de Sam Kurtis e Barbara Whitmore, nascida e criada na California, até que seus pais se separaram e ela se mudou com a mãe e padrasto Pat Dugan, para Blue Valley, Nebraska. Obviamente, Courtney não gostou em nada dessa mudança, não gostava do padrasto e muito menos da cidade.


Enquanto Courtney mexia pelos pertences de Pat, ela descobriu vários equipamentos de super-heróis. No entanto, ela descobriu uma coisa ainda mais interessante, soube que Pat Dugan foi o super-herói do passado chamado Faixa. Ele foi o ajudante do Sideral, o que fez de Faixa ser o único herói a ser o ajudante de um super-herói adolescente e não o contrário.

Faixa e Stargirl | DC Comics

Na semana do patriotismo em sua escola, Courtney decide usar a roupa de Sideral, para zombar se seu padrasto, mas enquanto o evento acontecia, a cidade foi atacada pelos lacaios do Rei Dragão, um supervilão local. Pat imediatamente vestiu sua armadura supertecnológica F.A.I.X.A. e, ao lado de Courtney, impediu o ataque. Foi a primeira vez que os dois agiram como super-heróis juntos.


Claro que Courtney adorou a vida de heroína, então ela adaptou sua antiga roupa para algo mais a sua cara, com mais estrelas e o Cinto Conversor Cósmico, e também começou a usar o codinome de Sideral.


Em Blue Valley, a maioria das aventuras envolviam o Dragão Rei e sua filha, Cindy Burman. Cindy é a menina mais popular da escola e tão cruel quanto seu pai. Ela adotou o nome Shiv e se tornou a maior inimiga de Courtney.


Como já dito no começo, quando Jack Knight se aposentou da sua carreira de Starman, Courtney assumiu o nome Stargirl, mas ela também herdou o Bastão Cósmico, uma arma que concede os seguintes poderes:


  • Manipulação da gravidade, permitindo que o usuário voe;

  • Manipulação magnética, podendo atrair e repelir objetos e seres vivos;

  • Absorção de energia;

  • Criação de escudos de defesa;

  • Disparo de energia solar;

  • Sintonia com o usuário, podendo receber comandos mesmo não estando em contato direto com o usuário.


Com o Cinto Conversor Cósmico ela já possuía as seguintes habilidades:


  • Agilidade aprimorada;

  • Resistência aprimorada;

  • Velocidade aprimorada;

  • Vigor aprimorado;

  • Força aprimorada.


Além de sua parceria com o Faixa, que serviu como sua introdução no mundo dos super-heróis, Stargirl também possui outra grande associação: A Sociedade da Justiça da América (não confunda com a Liga da Justiça). A princípio entrou apenas como uma integrante de honra, uma membra mirim, mas aos poucos conquistou seu lugar devido no time. Durante seu tempo na Sociedade da Justiça, Stargirl teve a tutoria de Poderosa, além de também ter um breve relacionamento amoroso com Billy Batson, o Shazam.


Fora dos Quadrinhos

Legends of Tomorrow

Stargirl não fará sua estreia na TV em 2020. Sua primeira aparição foi em 2010, quando ela esteve em Smallville interpretada por Britt Irvin. A aparição mais recente da personagem aconteceu em Legends of Tomorrow, ainda no início da segunda temporada. Na ocasião, os heróis viajaram para o passado e conheceram a famosa SJA.

Ela já fez várias aparições nos filmes e séries animados da DC, incluindo DC Super Heroes Girls que está disponível na Netflix.

Veja aqui seu action-figure.



A série solo da Stargirl, criada por Geoff Johns e Lee Moder, que deve estrear em 18 de maio de 2020 no DC Universe. A série também será exibida no dia seguinte na The CW, além de estar disponível nas plataformas digitais da The CW.


No Brasil a série será exibida na Warner Channel e deve chegar no streaming da Amazon Prime Video.


nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.