Mulher-Maravilha 1984 será o filme da década

Atualizado: Mar 16

Na sexta-feira, 6 de dezembro, a equipe do The Feminist Patronum foi convidada para a coletiva de imprensa do filme Mulher-Maravilha 1984, e descobrimos algumas coisas muito interessantes! Estavam presentes a atriz Gal Gadot e a diretora e roteirista Patty Jenkins.


Foto por Vanessa Lima

Sem dúvidas o primeiro filme de Mulher-Maravilha foi um marco no cinema, incentivando o protagonismo feminino, a diretora Patty Jenkins contou como foi um pouco do seu processo de criação e como é inspirador e difícil produzir um filme de alto escalão.


Ao questionadas sobre a pauta de feminismo, ambas concordaram que é realmente algo muito importante, já que as mesmas nunca haviam se sentido representadas como mulheres fortes no cinema. Patty ainda ressaltou que esse é só o começo, não devemos só ver homens e mulheres brancos nas telas, ainda falta representatividade, contudo, a diretora ressaltou que irá lutar por isso.


O filme terá uma certa relação com os quadrinhos da DC Reborn, onde a Cheetah é amiga de Diana. Saiba mais sobre a icônica vilã clicando aqui.


Sobre Steve Trevor: Sim, ele irá voltar. Não, não sabemos o motivo ou como, a diretora só comentou que alterou o roteiro durante as gravações.


Foto por Vanessa Lima

Gal Gadot comentou em que chorou assistindo o filme finalizado e comentou "É o maior filme da minha carreira, nunca fiz nada assim antes."


Em Mulher-Maravilha 1984 não veremos Diana utilizar armas como sua espada e o escudo. Ela é uma deusa e não precisa de nada além do laço da verdade.


No primeiro trailer do filme já podemos ter uma certa noção da magnitude que será, e das inúmeras referências aos quadrinhos clássicos, como o jato invisível.



#MulherMaravilha1984 chega nos cinemas brasileiros dia 04 de junho. Não deixe de conferir.


O primeiro filme da princesa amazona está disponível no streaming do Telecine. Confira.




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.