the feminst patronum logo

Lightyear | A Pixar de volta aos cinemas!

AO INFINITO, E ALÉM!

A nova produção da Disney e Pixar conta a história do brinquedo que inspirou o boneco na franquia “Toy Story”


Buzz (Chris Evans) e Hawthorne (Uzo Aduba) estão em uma missão espacial quando as coisas dão errado e, como consequência de uma decisão equivocada de Buzz, ambos acabam presos em um planeta hostil.


A partir deste momento, Buzz embarca em uma jornada de testes seguido de testes para tirar a população deste planeta. O problema é que enquanto as pessoas passavam a construir uma vida e até mesmo família ali, Buzz perdia anos em um teste que, para ele durava minutos, para as pessoas no planeta passavam-se anos. Assim, o personagem se torna um homem fora de seu tempo em uma introdução no melhor estilo Up: Altas Aventuras, que mostra a passagem do tempo mirando em fazer o espectadores chorarem devastadamente.

© 2022 Disney/Pixar. All Rights Reserved

Divertido, emocionante e com o toque de nostalgia necessário para abraçarmos essa nova jornada, Lightyear nos relembra porque amamos tanto o personagem desde 1995, lá no primeiro filme de Toy Story. Apesar de não ser revolucionário ou o auge dos filmes da Pixar ao lado de Up, Viva ou Wall-E, por exemplo, Lightyear tem algo que os outros quando lançados não tinham: a atenção absoluta do público, e ele se garante muito bem no quesito entretenimento para todas as idades.


Assistimos ao filme dublado e existe uma estranheza muito grande no início em relação à nova voz do personagem, mas ao decorrer da trama encontramos o sentido. O Buzz da voz de Guilherme Briggs, de Toy Story, é um brinquedo que representa um herói confiante, determinado e ciente que é capaz de vencer qualquer desafio. O Buzz de Lightyear com a voz de Marcos Mion é um ser humano lidando com a insegurança de ter falhado e causado as piores consequências para seus parceiros, que no caso, contavam com ele. O Buzz de Lightyear precisa aprender a se tornar o Buzz de Toy Story. Ou seja, este é um filme regado à autoconhecimento e superação para chegarmos ao ponto da trama onde o embate contra o famoso vilão Zurg (James Brolin) acontece.


E no quesito humor, os novos personagens e parceiros de Buzz nessa jornada não ficam para trás. Izzy Hawthorne (Keke Palmer) com o toque emocional por ser a neta da antiga parceira de Buzz que sonha em honrar seu nome enquanto tem medo do espaço, Sox (Peter Sohn), o gatinho de suporte emocional que conquista absolutamente todo mundo já na primeira cena com suas falas engraçadas e sua inteligência avançada, Darby (Dale Soules), a senhora que está em condicional e sabe que não deveria tocar em uma arma enquanto salva todo mundo o tempo inteiro, e Morrison (Taika Waititi), que praticamente passa o filme buscando utilidade para a caneta de seu uniforme.

Em mais uma animação de arrepiar pelos visuais, a Pixar está de volta aos cinemas em grande estilo e sem economizar nos detalhes. Aproveite que Lightyear chegou aos cinemas hoje, 16 de Junho, e corre viver essa experiência nas telonas!


thheeeee feeeeem (1).png