the feminst patronum logo

Indicados ao Grammy 2021

A lista de indicações da 63ª edição do Grammy foi anunciada ontem, 24 de novembro. A edição, que tenta superar a falta representatividade que marcou edições anteriores, conta com as indicações de 50 artistas negros entre as 76 categorias e o protagonismo de mulheres, sendo Beyoncé a artista mais indicada nesta edição. Em meio à pandemia, as poucas certezas divulgadas sobre a premiação até agora são Ben Winston como produtor e Trevor Noah, do "The Daily Show", como apresentador.


Beyoncé

O grande destaque da lista de indicação são as 9 nomeações de Beyoncé, a qual se tornou a mulher a receber mais indicações com 79. Além disso, Dua Lipa é a única artista a estar presente nas três categorias principais: “Álbum do Ano”, “Gravação do Ano” e “Música do Ano”, estando, ao total, com 6 indicações, assim como Roddy Ricch e Taylor Swift. Brittany Howard ficou atrás deles com uma indicação a menos, com 5 indicações. Na categoria “Melhor Performance de Rock”, pela primeira vez, tem apenas vocalistas mulheres com Fiona Apple, Phoebe Bridgers, Brittany Howard, Grace Potter, Haim e Big Thief. Na categoria “Artistas Revelação” , dos 8 indicados, seis são mulheres: Ingrid Andress, Phoebe Bridgers, Chika, Noah Cyrus, Doja Cat e Megan Thee Stallion. A indicação do grupo de K-pop BTS na categoria “Melhor performance de grupo ou duo pop” com “Dynamite” também foi um dos pontos altos da lista.


No entanto, a edição foi marcada por esnobar artistas aclamados pela crítica, como The Weeknd. A ausência do artista demonstra mais uma vez o racismo dentro da Academia. Com seu álbum “After Hours”, lançado em 2020, The Weeknd venceu premiações, foi aclamado pela crítica especializada e quebrou recordes nos charts. Além dele, a ausência de indicações a Rina Sawayama, Demi Lovato, Summer Walker, Katy Perry, Jessie Ware, Halsey, Selena Gomez, Miley Cyrus, BLACKPINK, Kehlani e Melanie Martinez foram sentidas por fãs e jornalistas.


Após diversas manifestações por parte de fãs e jornalistas, The Weeknd e seu empresário, Sal, pedem por transparência por parte da Academia e falam sobre a corrupção que está entremeada na premiação em suas redes sociais.


Confira a lista completa de indicados:

Álbum do ano

“Chilombo" - Jhené Aiko

“Black Pumas" - Black Pumas

“Everyday Life" - Coldplay

“Djesse Vol. 3" - Jacob Collier

“Women in Music Pt. III" - Haim

“Future Nostalgia" - Dua Lipa

“Hollywood’s Bleeding" - Post Malone

“Folklore" - Taylor Swift


Gravação do ano

“Black Parade" - Beyoncé

“Colors" - Black Pumas

“Rockstar" - DaBaby featuring Roddy Ricch

“Say So" - Doja Cat

“Everything I Wanted" - Billie Eilish

“Don’t Start Now" - Dua Lipa

“Circles" - Post Malone

“Savage”- Megan Thee Stallion feat Beyoncé


Música do ano

“Black Parade" - Beyoncé

“The Box" - Roddy Ricch

“Cardigan," - Taylor Swift

“Circles" - Post Malone

“Don’t Start Now" - Dua Lipa

“Everything I Wanted" - Billie Eilish

“I Can’t Breathe" - H.E.R.

“If the World Was Ending" - JP Saxe featuring Julia Michaels


Artista Revelação

Ingrid Andress

Phoebe Bridgers

Chika

Noah Cyrus

D Smoke

Doja Cat

Kaytranada

Megan Thee Stallion


Melhor performance de rock

Fiona Apple - “Shameika"

Phoebe Bridgers - “Kyoto”

Haim - “The Steps”

Brittany Howard - “Stay High”

Grace Potter - “Daylight”

Big Thief - “Not”


Melhor música de rock:

"Kyoto" - Phoebe Bridgers

"Not" - Big Thief

"Lost in yesterday" - Tame Impala