Gabriela Amaral Almeida é homenageada em mostra de terror do CCBB

Promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil, evento gratuito e online reúne mais de 40 filmes, debates, palestras, cursos, lives e homenagens a referências do gênero.


O Animal Cordial

A mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo, um passeio sinistro pela produção audiovisual de terror 100% brasileira, está homenageando cineastas que se destacaram no gênero nos últimos anos. Depois de apresentar ao público os curtas-metragens “O hóspede", “Não tão longe”, “O desejo do morto", “Cova aberta”, “Mais denso que o sangue” e “Os mortos”, e os longas “O Nó do Diabo” e “A Noite Amarela” da produtora paraibana especializada em filmes de gênero Vermelho Profundo, a mostra começa as sessões de homenagens a três grandes diretores. Esta semana a segunda retrospectiva de filmes será dedicada à cineasta Gabriela Amaral Almeida (“O Animal Cordial”).


Programação


Quinta, 5 de novembro, às 18h, curta-metragem "Uma Primavera"(2011, 15’)

Com direção e roteiro Gabriela Amaral Almeida e Lúcia Romano e Natália Paz Parnes no elenco.

No aniversário de 13 anos de Lara, sua mãe a leva para um piquenique no parque. Tudo vai bem até a menina desaparecer, deixando a mãe no mais completo desespero.

Sexta, 6 de novembro, às 18h, curta-metragem "Estátua"(2014, 24’)

Com direção e roteiro de Gabriela Amaral Almeida, montagem de Marco Dutra e Maeve Jinkings, Cecília Toledo e Clarissa Kiste no elenco. 

A babá Isabel está no sexto mês de gestação e não pode esperar para ser mãe. Até conhecer Joana.

Sábado, 7 de novembro, às 15h, curta-metragem “A Mão que Afaga” (2012, 19’)

Com direção e roteiro de Gabriela Amaral Almeida, montagem de Marco Dutra e Luciana Paes e Antônio Camargo no elenco  

No aniversário de 9 anos de seu único filho, uma operadora de telemarketing planeja uma festa que tem poucas chances de dar certo.

Às 19h, palestra com a diretora com o tema “Escrevendo histórias de terror para o cinema” 

Às 20h, curta-metragem “A Sombra do Pai” (2019, 92’)

Com direção e roteiro de Gabriela Amaral Almeida. Com Júlio Machado, Nina Medeiros e Luciana Paes.

Uma criança é obrigada a virar o adulto da casa porque seu pai está doente e, sua mãe, morta. Isso naturalmente cria uma inversão na ordem natural das coisas. A infância se transforma em saga, e a paternidade frustrada em condenação. (O curta também será exibido dia 10 de novembro, às 18h) 

Domingo, 8 de novembro, às 16h, segunda exibição do longa-metragem “O Animal Cordial” (2018, 98’)

Com direção e roteiro de Gabriela Amaral Almeida. Com Murilo Benício, Luciana Paes, Irandhir Santos, Camila Morgado, Ernani Moraes e Humberto Carrão  

Inácio é o dono de um restaurante de classe média, por ele gerenciado com mão de ferro. Tal postura gera atritos com os funcionários, em especial com o cozinheiro Djair. Quando o estabelecimento é assaltado por Magno e Nuno, Inácio e a garçonete Sara precisam encontrar meios para controlar a situação e lidar com os clientes que ainda estão na casa: o solitário Amadeu e o casal endinheirado Bruno e Verônica.

Ao todo estão sendo exibidas 44 produções entre longas e curtas-metragens da nova geração de diretores e diretoras, assim como de nomes consagrados como José Mojica Marins, o Zé do Caixão. As sessões são gratuitas e online na plataforma darkflix.com.br/macabro, serviço de streaming do gênero Cinema Fantástico.  Os filmes ficam disponíveis 24 horas e com limite de visualizações no caso dos longas, e durante uma semana, para os curtas. Como forma de diminuir os riscos apresentados pela covid-19, toda a programação é online e conta também com cursos e palestras, com inscrições via Sympla, além de debates e lives no Youtube e Instagram da @blgentretenimento, sem necessidade de inscrição prévia.



  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.