Exposição Imersiva de Van Gogh

O Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, inaugurou no sábado (17/08) a exposição Paisagens de Van Gogh, sobre o pintor holandês Vincent van Gogh (1853-1890). A mostra exibe paisagens retratadas em algumas de suas telas mais famosas e nas cartas pessoais que o pintor escreveu ao longo dos seus 37 anos.


A exposição convida o público a “entrar” nas obras. São atrações imersivas nas quais, com recursos de sons, aromas, cores e projeções, é possível se sentir dentro dos quadros. São oito cenários, seis representando em grande escala as paisagens retratadas. Em cada cenário, o visitante pode ouvir ao fundo uma narração de trechos de cartas escritas pelo pintor, enviadas ao irmão Theo e à sua cunhada Johanna. 


A sinestesia que a exposição nos traz é algo essencial para qualquer admirador de Van Gogh, criando uma experiência única que nos aproxima não somente das obras mas também do homem por trás dos quadros. A narração das cartas cria uma atmosfera profunda, de intenso amor e tristeza, por sua arte e admiração pela vida, e pelo desfecho de sua história.


Os Cenários


Antes de entrar temos uma parede com uma carta para Theo, é possível ler um pequeno trecho do conteúdo da carta.





Wheatfield with Crows (Campo de Trigo com Corvos)


A obra foi concluída em julho de 1890, nas últimas semanas de vida de Van Gogh. Temos uma grande tela com uma projeção do quadro em movimento e ao redor trigo e grama espalhados. Um breve vídeo é passado, com uma narração tocante das palavras do pintor sobre o equilíbrio entre a vida e sua estabilidade mental.


Irises (Lírios)


Após episódios de automutilação e hospitalização, Van Gogh optou por entrar em um asilo em Saint-Rémy, na França. Lá, no último ano antes de sua morte, ele criou quase 130 pinturas. Na primeira semana ele começou a pintar “Irises”, trabalhando com a natureza no jardim do asilo. Os recursos de cenografia e aroma permitem que o visitante entre na tela. Com lírios espalhados pela sala é possível se sentir dentro do campo das flores.



Almond Blossoms (Amendoeira em Flor)


Com uma árvore no centro da sala e pequenos tocos de madeira para se sentar, é possível olhar ao redor e se sentir dentro de um dos quadros mais bonitos de Van Gogh. A pintura foi um presente para seu irmão Theo e sua cunhada Jo, que acabaram de ter um bebê, Vincent Willem. Na carta que anunciava o nascimento, Theo escreveu: "Como dissemos a você, vamos chamá-lo em sua homenagem, e estou desejando que ele seja tão determinado e corajoso quanto você." Foi esse trabalho que permaneceu mais próximo dos corações da família, Vincent Willem foi quem fundou o Museu Van Gogh.



Starry Night (Noite Estrelada)


A mais famosa pintura de Van Gogh retrata a vista da janela de um quarto do hospício de Saint-Rémy-de-Provence, pouco antes do nascer do sol. O cenário inclui recursos de realidade virtual e cadeiras giratórias, e é possível entrar em quadros do pintor, com a possibilidade de experimentar um pouco de sua vida boêmia.





Depois da realidade virtual entramos em um grande salão, rodeado de telas, inclusive no chão, no qual diversos quadros passam um atrás do outro, imergindo o público nos quadros.





Undergrowth with Two Figures (Vegetação Rasteira com Duas Figuras)


Em uma sala toda pintada com o quadro e colunas espelhadas, é possível se sentir dentro do campo que o pintor retratou. Os espelhos criam a sensação de estarmos em um campo interminável.




Paisagens de Van Gogh, Exposição Imersiva


Evento Gratuito. Endereço: Shopping Pátio Higienópolis - R. Dr. Veiga Filho, 133 (Vão Central, Piso Veiga Filho) Horário: De segunda a sábado, das 13h às 21h; domingos e feriados, das 14h às 20h. As visitas são realizadas por ordem de chegada, podendo haver fila de espera. (RECOMENDAÇÃO: chegue bem antes, eu cheguei 40 minutos antes de abrir e já havia muita gente, fiquei 3h na fila!)




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.