Especial dia do livro

Nós sabemos que palavras são uma fonte inesgotável de magia e para celebrar o Dia Mundial do Livro, nossa equipe do The Feminist Patronum escolheu alguns livros que transformaram as nossas vidas. #LeiaEmCasa


“Confissões do Crematório”, Caitlin Doughty


Escolhido por Alice Ribeiro: "Um livro que foi capaz de rever meus conceitos e preconceitos sobre a morte. Minha primeira entrevista como jornalista foi com a autora."


Sinopse: Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, Caitlin Doughty desmistifica a morte para si e para seus leitores. O livro de Caitlin – criadora da websérie Ask a Mortician e da – levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira honesta, inteligente e despretensiosa. Compre por aqui.


“Diário de uma Paixão”, Nicholas Sparks


Escolhido por Vanessa Lima: "Este é o meu preferido porque gosto MUITO de romance e essa foi uma das histórias que mais me emocionei e foi o livro que me inspirou a fazer meu primeiro diário onde eu escrevia poeminhas e frases de canções apaixonadas."


Sinopse: Na clínica de repouso em que vive, Duke se dedica a ler poemas para os outros pacientes, mas, para uma senhora que sofre de Alzheimer – e somente para ela –, lê um diário especial à espera de que um milagre aconteça. Nele está escrita a emocionante história de Allie Nelson e Noah Calhoun, dois jovens que descobrem o verdadeiro significado da paixão, mas são separados por uma série de obstáculos e mal-entendidos. Muitos anos depois, a vida dá conta de uni-los novamente e a paixão volta com todo o seu fulgor.

Compre por aqui.


“Carta de Amor aos Mortos”, Ava Dellaira


Escolhido por Eduarda Marina: "O livro conta a história de como a Laurel começa a se conhecer mais a fundo e a se entender, lidando com um trauma bem profunda, assim conhecendo o mundo e é lindo ver descobertas assim, porque eu estava me descobrindo quando li ele"


Sinopse: Prestes a começar o ensino médio, Laurel decide mudar de escola para não ter que encarar as pessoas comentando sobre a morte de sua irmã mais velha, May. A rotina no novo colégio não está fácil, e, para completar, a professora de inglês passa uma tarefa nada usual: escrever uma carta para alguém que já morreu. Laurel começa a escrever em seu caderno várias mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Elizabeth Bishop… sem nunca entregá-las à professora.

Compre aqui.


“Harry Potter e o Prisioneiro de Askban”, J.K. Rowling


Escolhido por Letícia: "A saga Harry Potter é a minha favorita pois foi a porta que encontrei para o universo geek/nerd. E dentre os sete livros, "O Prisioneiro de Askaban" é o dono do meu coração."


Compre aqui.



“Princesa”, Jean P. Sasson


Escolhido por Mariana Oliveira: "O livro retrata de uma mulher dentro de um cultura patriarcal e totalmente machista que busca lutar contra tudo isso de forma quase isolada. Ela traz o ponto de vista das mulheres dentro de sua cultura"


Sinopse: Casamento forcado, mutilações e violências sexuais, execução publica por apedrejamento ou confinamento pela família, censura, proibição de dirigir, de viajar ou mostrar o rosto - estas são apenas algumas formas de opressão com que as mulheres muçulmanas ainda são tiranizadas no Oriente Médio. Num depoimento contundente, uma autentica princesa da Casa Real Saudita revela, sob risco de vida, a intimidade dessa terra fechada, onde o respeito aos direitos e a qualidade de vida das mulheres continua lhes sendo negado. Uma terra onde ainda imperam os homens, o sexo e o dinheiro. Compre aqui.

"Amor Amargo", da Jennifer Brown


Escolhido por Laura: É um livro que te faz pensar. Li há 2 anos e ainda sinto e reflito sobre o que foi abordado. Escrito por uma psicóloga, o livro aborda relacionamento abusivo e esclarece como lidar ao estar em um e ao ver um conhecido em um.


Sinopse: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Compre aqui.


“As Vantagens de Ser Invisível”, Stephen Chbosky


Escolhido por Camila: Charlie foi um poucos personagens que eu me identifiquei tão intensamente, por me sentir constantemente como ele, a observadora de outras histórias. Suas palavras me ensinaram a sempre aproveitar os pequenos e momentos infinitos.


Sinopse: O livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências –, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. Compre aqui.


“A Seleção”, Kiera Cass

Escolhido por Yasmim: Entre uma luta de classes, um triângulo amoroso e a famosa seleção, é incrível conhecer cada personagem em sua individualidade e ver o quanto uma “competição” de garotas pela atenção de um príncipe pode mudar tanto a vida de um reino.

Compre aqui.


"Minha vida fora de série", Paula Pimenta

Escolhido por Lorena: "Um dos livros que mais me marcou foi Minha Vida Fora de Série, todos os 4 volumes lançados até agora... Primeiro, por terem sido escritos por uma autora nacional, a Paula Pimenta. Além disso, eu comecei a ler quando tinha uma idade parecida com a da Pri (protagonista), uns 13 anos... e os livros passam pelas fases da vida dela até os 20 e poucos anos, então mesmo hoje, com 19 anos, me identifico quando leio. As histórias são engraçadas, reais, autênticas, de fazer o coraçãozinho disparar... E sou apaixonada pelo cuidado que a Paula tem em relacionar a história com Fazendo Meu Filme e como em cada início de capítulo, tem um diálogo de série, que dá indícios de como será aquele capítulo... o livro todo foi feito com um cuidado admirável. Então todo esse conjunto faz com que esses livros sejam atemporais para mim, e os amo muito." Compre aqui.


nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.