Dia do Cinema Brasileiro: 5 filmes nacionais dirigidos por mulheres

Dia 19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro. A data homenageia o diretor e cinegrafista ítalo-brasileiro Afonso Segreto, o primeiro a fazer imagens em movimento em solo nacional, em 1898, no Rio de Janeiro.


'Como Nossos Pais' dirigido por Laís Bodansky

Porém, foi apenas em 1931 que a primeira diretora mulher lançou um longa-metragem no Brasil. A paulistana Cléo de Verberena, nome artístico de Jacira Martins Silveira, dirigiu, produziu e estrelou O Mistério do Dominó Preto.


De lá pra cá, as mulheres ganharam mais destaque no cinema e muitas conseguiram firmar caminhos promissores por trás das câmeras. Ainda assim, os números ainda não indicam que há igualdade de gênero nas produções cinematográficas. Segundo dados divulgados pela ANCINE, em 2018, somente 22% dos 176 filmes brasileiros comercializados foram dirigidos por mulheres.


Pensando nisso, listei filmes de diretoras brasileiras para que você possa aproveitar o Dia do Cinema Brasileiro da melhor forma: valorizando o cinema nacional e, também, dando visibilidade para os trabalhos dessas mulheres.


Califórnia (2015)

Direção: Marina Person

O maior sonho de Estela (Clara Gallo), típica adolescente dos anos 80, é visitar seu maior ídolo: o tio, Carlos (Caio Blat), um jornalista musical que vive na Califórnia. No entanto, os planos dela vão por água abaixo quando ele anuncia que voltando para o Brasil, debilitado por causa de uma doença que ainda é um mistério para a medicina.


As Boas Maneiras (2017)

Direção: Juliana Rojas e Marco Dutra

Ao descobrir que está grávida, Ana (Marjorie Estiano) contrata Clara (Isabél Zuaa), uma solitária enfermeira, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, os comportamentos de Ana ficam cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos começam a afetar diretamente Clara.


O Caso do Homem Errado (2017)

Direção: Camila de Moraes

Nos anos 80, o operário negro Júlio César de Melo Pinto foi executado pela Polícia Militar após ser confundido com um assaltante em Porto Alegre. A história do jovem é contada através de depoimentos, como o de Ronaldo Bernardi, o fotógrafo que fez as imagens que tornaram o caso conhecido, o da viúva do operário, Juçara Pinto, e de ativistas na luta pelos direitos humanos e dos movimentos negros no Brasil.


Como Nossos Pais (2017)

Direção: Laís Bodansky

Aos 38 anos, Rosa (Maria Ribeiro) está em uma fase peculiar de sua vida, marcada por conflitos pessoais e geracionais. Enquanto precisa desenvolver sua habilidade como mãe e enfrentar as dificuldades do casamento, ela não quer abrir mão de seus sonhos e objetivos profissionais. Ao mesmo tempo, Rosa também continua sendo filha de sua mãe, Clarice (Clarisse Abujamra), com quem possui uma relação conturbada.


Aos Teus Olhos (2017)

Direção: Carolina Jabor

Rubens (Daniel de Oliveira) dá aulas de natação para pré-adolescentes em um clube. Carismático e divertido, ele era querido por todos até um de seus alunos, Alex (Luís Felipe Melo), dizer à mãe que o professor lhe deu um beijo na boca no vestiário. Mesmo alegando inocência, Rubens é acusado e passa a ter que lidar com um verdadeiro linchamento virtual quando o caso viraliza nas redes sociais.




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2019 por The Feminist Patronum.