the feminst patronum logo

Curiosidades sobre "Star Wars: The Bad Batch"

No dia 4 de maio, data em que o mundo inteiro comemorou o #StarWarsDay, foi lançado no Disney+ Star Wars: The Bad Batch, uma Série Original Disney+ sobre a Força Clone 99, um esquadrão de clones experimentais de elite que estão abrindo caminho em uma galáxia que muda rapidamente, e que se passa logo após as Guerras Clônicas.


Assim como os outros conteúdos de Star Wars, a série está disponível exclusivamente no Disney+ e lança novos episódios todas as sextas-feiras.

star wars the bad batch disney
Divulgação: Disney

Para aqueles que ainda não assistiram, compartilhamos 6 curiosidades sobre a produção:


1- Devido à sua trajetória no cinema e na televisão, a equipe criativa por trás de Star Wars: The Bad Batch tem vasta experiência em STAR WARS. O time de criação é liderado por Dave Filoni, criador e produtor executivo da série, que também é produtor executivo da Série Original Disney+ The Mandalorian e fez parte da equipe responsável pelas séries Star Wars: A Guerra dos Clones e Star Wars Rebels.


2- Os fãs conheceram a Força Clone 99 (autodenominados “Os Mal Feitos”), o esquadrão protagonista de Star Wars: The Bad Batch, na última temporada da série Star Wars: A Guerra dos Clones. Nessa história, a Guerra dos Clones estava chegando ao fim quando Capitão Rex se encontrou pela primeira vez com esse grupo de clones experimentais de elite. A nova série, então, acontece na era vertiginosa do pós-guerra, forçando a equipe a se adaptar rapidamente às constantes mudanças que estão por vir.


3- A Força Clone 99 é composta de clones com variações genéticas de seus irmãos do Exército de Clones. Hunter, o líder do grupo, trabalha sob pressão como ninguém. Projetado com sentidos aguçados, é um rastreador especialista com habilidade para detectar locais específicos de qualquer lugar por meio de frequências eletromagnéticas. Wrecker é grande, curioso e extremamente forte, é o músculo da equipe. Com habilidades especiais para ciência e tecnologia, Tech é o especialista em computação do grupo pensa e fala mais rápido do que qualquer um. Crosshair é o pragmático e introvertido atirador da equipe. Por último, Echo é a mais nova adição ao grupo. Metade dróide e metade clone, ele é a dupla perfeita do Tech, pois combinam seu conhecimento técnico e habilidades especiais para se infiltrar em qualquer rede ou sistema.


4- O número de unidade da equipe é uma homenagem a um clone chamado 99, apresentado no início da terceira temporada de Star Wars: A Guerra dos Clones. Considerado inadequado para sua função devido às suas limitações físicas, resultado de malformações, o clone 99 serviu fielmente à República nas tarefas de manutenção e limpeza em Kamino, em vez de estar no campo de batalha. No entanto, seu exterior fraco ocultava um espírito sábio e resiliente em seu interior. Seu forte censo de dever, raciocínio rápido e tenacidade ajudaram a salvar a instalação de clones em Lamino de um ataque separatista. 99 deu a vida para defendê-la, orgulhoso de ter servido como soltado ao lado de seus irmãos.


5- equipe de produção e Star Wars: The Bad Batch não só tem vasta experiência profissional no desenvolvimento de séries da Lucasfilm, como também são fãs assumidos de STAR WARS desde jovens. Athena Portillo, por exemplo, começou sua carreira na Lucasfilm como estagiária e juntou à equipe de desenvolvimento de animações quando a placa do seu carro, que fazia referência àquele emprego, chamou a atenção de Dave Filoni. Brad Rau, por sua vez, sonhava em trabalhar para STAR WARS desde que, em 1980, assistiu STAR WARS: EPISÓDIO V – O IMPÉRIO CONTRA-ATACA em uma pequena sala de cinema da sua cidade. Já Jennifer Corbett é fã da franquia STAR WARS graças a grande fascinação de seu irmão pela série Star Wars: A Guerra dos Clones e Star Wars Rebels.


6- Na versão em inglês de Star Wars: The Bad Batch, as vozes da equipe são feitas pelo talentoso Dee Bradley Baker, um dos dubladores mais versáteis e procurados de Hollywood. Ao longo de sua extensa carreira, Baker emprestou sua voz a vários filmes de STAR WARS e projetos das séries Disney+ e Lucasfilm. Em The Mandalorian, por exemplo, é a voz de um casal de sapos apresentado na segunda temporada. Outra curiosidade? A voz de Baker pode ser ouvida em duas atrações dos parques da Disney: ele interpretou o papagaio na atração dePirates of the Caribbean no Magic Kingdom e o personagem de Boba Fett em Star Tours The Adventures Continue, no Disney’s Hollywood Studios

estelar tfp.png