Crítica: 'Us' de Jordan Peele


Depois do sucesso de “Get Out!”, indicado a 4 Oscars e vencedor do prêmio de melhor roteiro original, Jordan Peele volta às telonas com seu filme “Us”, e mostra que seus roteiros cada vez mais criativos e críticos vieram para ficar e movimentar o meio hollywoodiano.



Us é um filme de terror que traz uma trama já conhecida desse meio: invasão de domicilio. Mesmo já existindo vários filmes desse tipo (eu mesma já devo ter assistida a uns três), a trama de Jordan Peele consegue ser um destaque e trazer uma reflexão completamente inusitada para esse modelo de terror.


O longa traz uma família norte-americana negra que resolve passar suas férias em uma casa de verão próximo à praia. Entretanto, são surpreendidos com uma invasão feita por pessoas que são iguais a eles, porém diferentes de forma sinistra! A invasão, diferente dos outros filmes do tipo, não se trata de monstros, espíritos ou simplesmente psicopatas, como se é comum ver, e traz a importante reflexão: e se o que pode nos destruir for nós mesmos? e se o grande mal for nossos próprios problemas internos?



Se você espera um filme com uma critica social sobre o racismo tão forte quanto a que se pode ver em “Get Out!”, talvez você saia um pouco decepcionado. Isso não significa que o tema do racismo não esteja presente no filme, muito pelo contrário, porém é feito de forma mais implícita, trazendo outras reflexões mais gerais também para a trama. Contudo podemos contar com as críticas raciais dentro do humor característico dos roteiros do Jordan Peele, e também com uma analise da situação da marginalização que a população negra viveu e ainda vive, principalmente nos Estados Unidos.


O longa também traz, de forma bem-humorada, a desconstrução do papel masculino de “líder” da família, trazendo Winston Duke como um pai que tenta assumir um papel de liderança, porém de uma forma que acaba sendo cômica. Por outro lado, presenciamos um forte protagonismo feminino com o papel da Lupita Nyong'o, sem dúvidas o grande destaque de atuação da trama, onde a mesma consegue interpretar dois perfis diferentes de forma sensacional e envolvente ao público.



'Us' é um filme que deixa o expectador simplesmente vidrado e tenso durante todo o filme, causando inclusive incomodo em diversas cenas devido a tensão que elas criam. Ao mesmo tempo traz diversas pitadas de humor, algo característico do diretor que se mostra cada vez mais um especialista em equilibrar tensão e humor em uma trama. O filme sem dúvidas faz jus à aclamação da critica internacional, e se mostra um forte competidor para a temporada do Oscar do ano que vem. Fazendo os telespectadores repensar os próprios privilégios, 'Us' é tenso e trás um plot twist que faz valer a pena cada centavo investido no ingresso, além de deixar vários outros detalhes abertos à sua imaginação, mostrando mais uma vez a genialidade de Peele.







nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.