'Ford vs Ferrari' é o filme do ano?

Atualizado: 20 de Nov de 2019

Durante a década de 60, a Ford, fabricante de carros, se viu a beira da falência e precisou mudar sua estratégia de Marketing para recuperar o mercado perdido para a poderosa e intimidadora Ferrari.



Sua concorrente além de possuir a paixão dos consumidores da época, também vinha vencendo sem parar a famosa corrida de 24 horas, Le Mans.


Ao tentar adquirir a Ferrari e falhar miseravelmente na missão, a Ford se viu presa na última opção possível: passar também a produzir carros de corrida para bater a concorrente nas pistas.


Para isso eles precisaram pensar rápido e de uma forma ousada, formar um time de profissionais às pressas e desenvolver um carro em perfeito estado para a corrida em 90 dias se mostrou um verdadeiro desafio, mas não nas mãos das pessoas certas.


Assim entra em cena Carroll Shelby (Matt Damon), um vendedor de carros que anteriormente foi o único piloto americano a vencer essa corrida. Shelby precisa reunir uma equipe e desenvolver o carro em um tempo considerado impossível, e é por isso que ele chama apenas pessoas de sua maior confiança, incluindo o nosso protagonista central do filme: Ken Miles (Christian Bale), um experiente piloto e mecânico, dono de uma personalidade considerada difícil de lidar e muito provavelmente o homem a estar no comando do poderoso Ford GT40 que eles irão desenvolver.


Pode parecer muito conteúdo apresentado de uma só vez, mas o filme desenvolve seu enredo de uma forma incrivelmente bem, aliás, um dos pontos que mais me chamaram a atenção foi conseguir perceber o roteiro bem escrito enquanto assistia, as piadas pontuais que te envolvem cada vez mais com o contexto do enredo, e as trocas de câmera que tornam toda a ação do filme muito mais poderosa.


Falando em ação, as cenas de corrida eram algo muito aguardado pelo público, o filme consegue surpreender na qualidade apresentada, a trilha sonora impecável também é essencial para essas cenas, você não percebe quando está na ponta da cadeira torcendo a mão de ansiedade pelo o que está assistindo até olhar pro lado e ver um cinema inteiro tenso. Assistir em IMAX pode ter tornado a experiência muito mais interessante pela intensidade que cada cena possui, fica aí a recomendação.


A incrível e impecável atuação de Bale é um dos maiores pilares do filme, e de longe minha parte favorita em assistir o mesmo. Você abraça o personagem logo de cara, e sua família também.


Não estamos falando de um filme meramente sobre carros e corridas (confesso que quando vi o trailer, acreditei estar indo assistir a mais um “Velozes e Furiosos” da vida), estamos falando de um filme que além de mostrar os bastidores do Marketing de grandes empresas, também fala sobre amizade, família, trabalho em equipe e muita dedicação.


Esse é um filme que apesar da nossa equipe protagonista possuir um “inimigo”, você não fica com raiva ou deseja o mal nem mesmo ao fim do filme, muito pelo contrário, Enzo Ferrari (Remo Girone) se provou ser uma ótima surpresa em sua participação final.


Surpreendente e envolvente do início ao fim, Ford vs Ferrari é um filme que prova ser melhor do que o prometido e faz valer sua ida ao cinema.


Direção: James Mangold (Logan, 2017)




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2019 por The Feminist Patronum.