Conheça o 'Dream Gap', o projeto da Mattel que inspira as novas gerações

A Mattel, empresa criadora da famosa boneca que todas nós amamos - sim, a Barbie! -, criou um projeto chamado Dream Gap, que tem como objetivo ajudar menininhas a sonhar e nunca se sentirem limitadas pelo seu gênero. Saiba tudo sobre esse projeto incrível hoje, aqui no TFP, e não se esqueça de compartilhar conosco outros projetos que gostaria de ver reconhecidos aqui no blog no Instagram e no Twitter!

#CLOSETHEDREAMGAP

Bonecas baseadas em Amelia Earhart, Frida Kahlo e Katherine Johnson (Via @Mattel)

Estudos indicam que, a partir dos 5 anos, meninas deixam de sonhar.


Deixam de acreditar que podem ser astronautas, presidentes ou até mesmo cientistas com grandes carreiras como Einstein. E tudo isto deriva de estereótipos culturais que dizem que "uma mulher nunca vai ser tão inteligente como um homem": o que, tal como nós sabemos, é perfeitamente errado.


Mas quando uma criança tão nova deixa de acreditar nos seus sonhos e passa a achar que nunca vai ser nada daquilo que ela sonhe, a ideia enraíza-se na sua cabeça e a auto-estima, reduzida pelos estereótipos, podem afetar toda a trajetória de uma menina e as suas escolhas de carreira: até pode desencorajar mulheres a perseguir carreiras prestigiosas em áreas como a ciência, que valorizam muito o "brilhantismo".

Parceria recente da Barbie com a Agência Espacial Europeia pretende encorajar jovens meninas a alcançar as estrelas (Via @TheDrum)

Ninguém sabe exatamente por que é que estereótipos e limitações são postas sobre as crianças desde tão cedo. É algo que já não vem de agora e, a menos que nos movimentemos para o parar, vai acontecer sempre. Tal como vemos citado no site oficial do Dream Gap:

Adaptado de @Mattel

Por estas estas três razões que levam meninas a desistir de sonhar, a Barbie criou a iniciativa Dream Gap - que tem como objetivo acabar com os estereótipos que fazem com que tantas mulheres se sintam limitadas em relação ao seu futuro.

O QUE É QUE A MATTEL FAZ AFINAL?

Bonecas baseadas em mulheres inspiradoras do ano de 2019 (Via @Mattel)

Em primeiro lugar, a Barbie comprometeu-se a destacar dez mulheres inspiradoras por ano, para mostrar às meninas que elas conseguem fazer o que quiserem, tal como essas mulheres lutaram duro para alcançar os seus sonhos.


Entre elas temos diversas personalidades influentes, desde campeãs de patinagem no gelo como Tessa Virtue até ativistas como Yara Shadiri e surfistas de ondas gigantes como é o caso de Maya Gabeira. Pode checar a lista deste ano clicando AQUI.


Depois, prometeram criar conteúdo encorajador e produtos que promovam o "sonhar" e o "acreditar". Para que esta iniciativa continuasse, a Barbie doou 1 dólar por cada boneca vendida nos EUA durante uma quantidade determinada de tempo. Além disso, fundaram um departamento de pesquisa em parceira com o Professor Andrei Cimpian da New York University, para descobrir quais os fatores que as meninas acham limitá-las e descobrir outras formas de acabar com eles.


E aí, o que acharam desse projeto? Caso queiram saber mais sobre o Dream Gap, pode clicar aqui para ser redirecionado para o site da Mattel ou então assistir abaixo o vídeo de apresentação do Projeto e um vlog da Barbie só sobre esse assunto.





  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.