Casais ficcionais que todo mundo ama

12 de junho, é dia dos namorados e nós do The Feminist Patronum sabemos o quão esperado e querido esse dia é por alguns e o quanto pode ser irritante para os que passam na sua própria companhia. Mas calma, tá tudo bem! a solitude, assim como ter alguém bom para amar, é um verdadeiro privilégio.


Mas a verdade é que independente do estado civil, todos nós já shippamos algum casal da ficção, seja do universo literário, das HQ’s, do cinema ou das séries, sempre tem aquele par que faz a gente se sentir nas nuvens, como se estivéssemos apaixonados também. Separamos alguns dos mais queridos para além de relembrar a sensação boa de acompanhá-los, colorir ainda mais esse dia em especial.


Seth Cohen e Summer Roberts


Créditos: Warner Channel

Um dos casais mais fofos e queridos das séries teens dos anos 2000, aquele clichê do garoto nerd e a menina popular mas que deu super certo por conseguir se diferenciar dos outros. A química entre os atores que se desenvolveu de forma natural, o protagonismo das cenas mais engraçadas e a leveza que envolvia a dupla fez com que eles roubassem a cena do casal principal da série. “Go save the world, Summer Roberts!”.


Lorelai Gilmore e Luke Danes


Créditos: Warner Channel

Esse ship teve provavelmente um dos beijos mais demorados da TV, mas mesmo assim os fãs nunca perderam a esperança. Luke sempre foi apaixonado por Lorelai, desde o episódio piloto da série dá pra ver isso, mas a Gilmore mãe demorou pra se dar conta e o cara não ajudava: Luke era muito inseguro. Quando os dois finalmente engataram, foi lindo! (Mentira, foi uma montanha-russa, mas terminou tudo perfeitamente bem).


Han Solo e Leia Organa


Créditos: LucasFilms

Um dos casais mais icônicos do cinema. Carrie Fisher e Harrison Ford deram vida a dois personagens mega geniosos, que viviam batendo de frente, e que por esse motivo formavam um par improvável. Talvez por essas peculiaridades, as cenas dos dois nos provocam borboletas no estômago. Décadas depois, a nostalgia que envolve Star Wars fez o casal ficar ainda mais especial.

Tempestade e Pantera Negra


Créditos: Marvel Comics

Pode ser que muitos não saibam, mas nos quadrinhos, T’challa (Pantera Negra) e Orone (Tempestade) cultivaram um romance desde a adolescência. Em uma missão, Tempestade vai para a África e lá, é pedida em casamento por T’challa, tornando-se temporariamente a Rainha de Wakanda. Infelizmente (ou felizmente?) os dois se divorciam e Tempestade passa a se dedicar inteiramente aos X-Men. De qualquer forma, o simples ato de imaginar os dois como um casal de super-heróis superpoderosos já os torna icônicos.


Michele e Mister Brau


Créditos: Globo

Taís Araújo e Lázaro Ramos, casados na vida real, dão vida ao casal Michele e Brau. Os dois trilharam um árduo caminho para chegar ao estrelato e serem bem sucedidos no meio artístico, mas sempre lado a lado, como uma família. O mais legal é que ao mesmo tempo que os dois funcionam perfeitamente como uma equipe, eles se destacam e brilham por suas individualidades.


Rose e Jack


Créditos: Paramount Pictures

Um verdadeiro clássico, Titanic nos apresentou uma das histórias de amor mais bonitas e mais trágicas da história do cinema. Apesar do final que faz todo mundo chorar mesmo após assistir pela centésima vez, Rose e Jack nos deixaram uma bela lição (e o multifuncional meme dos 84 anos): que uma história de amor não precisa ser longa para ser impactante ou verdadeira. E que mesmo que as circunstâncias sejam adversas, ela pode valer a pena.


Shrek e Fiona


Créditos: Dreamworks

Uma das animações mais marcantes dos últimos anos, mostra a história de Shrek, um ogro que vive no pântano, que vai resgatar a princesa Fiona (que não tem nada do estereótipo de princesa) da torre mais alta de seu castelo. Shrek acaba se apaixonando por Fiona e mais tarde descobre que os dois tem muito mais semelhanças do que diferenças. O casal vive grandes aventuras ao longo dos filmes, enfrentam o preconceito da família de Fiona, e constroem juntos uma família cheia de ogrinhos fofos.


Lena e Stef


Créditos: Freeform

Teri Polo e Sherri Saum dão vida a um casal lésbico interracial, que dão origem a família Adams-Fosters na série The Fosters. A família formada pelas duas se compõe de filhos adotivos e também biológicos. A narrativa que envolve as duas é super tocante, a representação de um casal lésbico na TV por si só já é importante mas quando as colocam como comandantes de uma família, ganha um significado ainda mais bonito.




nossa equipe tfp.png
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

© 2020 por The Feminist Patronum.