the feminst patronum logo

Ascenção das Trevas | C.S. Pacat apresenta livro surpreendente do começo ao fim

Will está fugindo dos responsáveis pela morte de sua mãe quando descobre que é detentor de um poder capaz de trazer a magia de volta, e também derrotar o Rei das Trevas que busca retornar e tomar o controle da Luz.


O mundo pode ter se esquecido como é viver entre a magia, mas os Regentes se lembram, e estão determinados a deixar Will preparado para o iminente embate que se aproxima.



Em Ascenção das Trevas, primeiro livro da nova série de C.S. Pacat, mesma autora de Príncipe Cativo, embarcamos em uma aventura "bem vs mal" repleta de ação e reviravoltas, além de novos personagens para se apaixonar.


Eu amo o conceito do "Escolhido" mesmo que neste aqui ele levou quase 80% do livro para entender seus poderes e esse fato acabou por possibilitando outros personagens de brilharem antes de Will assumir a frente da história. Justice é o fiel e poderoso Regente que resgata Will, e Violet a filha e irmã do inimigo que faria de tudo para provar sua lealdade ao lado da Luz.


Ascenção das Trevas inicia sendo um livro onde os conceitos são introduzidos aos poucos, conforme as coisas acontecem, e ao final é o tipo de livro que dá vontade de reler tudo, porém agora com novos olhos sobre as novas informações. Eu realmente não previ as revelações!



Vi pessoas que tiraram nota do livro pois disseram ser lento, mas dizendo pela minha experiência? Não senti lentidão em momento algum, muito pelo contrário, era surra de ação o tempo todo. Fui super surpreendida pelo amadurecimento da escrita da autora, estive esperando algo que me lembrasse O Príncipe Cativo (que eu havia gostado na época em que li), mas aqui ela parece mais afiada, com um universo melhor estruturado e sem foco no romance (que quase não existe).


Ascenção das Trevas foi publicado no Brasil pela Galera Record.


Compre aqui e ajude o The Feminist Patronum continuar crescendo.