the feminst patronum logo

A Herança de Orquídea Divina | Uma família mágica com muito suspense envolvido

"Convido você para minha casa no dia 14 de Maio do Ano do Beija Flor. Por favor, não chegue antes das 13:04, pois tenho muitos assuntos para resolver antes do evento. As estrelas se deslocaram. A Terra girou. É chegada a hora. Estou morrendo. Venha receber sua herança. Para sempre, Orquídea Divina Montoya."

A família Montoya nunca estranhou as bizarrices de sua matriarca Orquídea, porém, quando todos são convidados para receber a suposta herança, as coisas começam a desandar para valer.


Com um visual que se assemelha a Encanto se fosse uma animação com direção de Guillermo del Toro ou Tim Burton, 'A Herança de Orquídea Divina' é na verdade um livro mágico com toques de terror investigativo onde os Montoya precisam desvendar o passado de Orquídea para entender tanto o significado de sua herança, quanto quem é o ser perseguindo-os onde vão.


Zoraida Córdova é uma mulher latina conhecida por suas histórias fantásticas e livros dentro do universo de Star Wars, por isso, eu sabia que facilmente essa leitura seria incrível em todos os sentidos, por mesclar tudo o que tem de melhor das raízes da autora. Aliás, é o tipo de história que faz o leitor refletir sobre suas origens, sua família e como, apesar de qualquer pesar envolvido, as coisas se encaixam bem quando eles estão por perto.



A família Montoya é enorme, fruto de vários casamentos de Orquídea, e quando todos estão no mesmo ambiente você já consegue imaginar o caos que as cenas se tornam. Zoraida ainda deixa o toque de suspense durante todo o enredo, para deixar o leitor com aquele sentimento que algo ruim pode acontecer a qualquer momento (e, bom... vai acontecer eventualmente).


Uma história que no começo você imagina que vai caminhar para algo fofo e familiar, e num piscar de olhos, torna-se sombria e repleta de reviravoltas, em especial quando viajamos para os capítulos no passado, conhecendo a verdadeira jornada de Orquídea. É impossível respirar conforme passado e presente se encontram.


Mas não se engane, é sim uma história sobre essa família tão mágica!

(Este é um livro para adultos)


Compre aqui e ajude o The Feminist Patronum a continuar crescendo!