the feminst patronum logo

5 fascinantes detalhes sobre a cultura chinesa em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis

Repleto de referências, o mais novo filme da Marvel homenageia o cinema chinês e cria uma energia de nostalgia e fantasia.

Divulgação: Disney

Shang-Chi e a lenda dos Dez Anéis, o mais novo filme da Marvel, traz para as telonas não apenas representatividade para a comunidade asiática-americana, mas também faz referências a lendas, tradições chinesas e homenagens ao cinema e literatura chinesa de forma sutil mas bastante encantadora.


Aqui veremos 5 dentre muitos outros detalhes fascinantes sobre a cultura chinesa presentes neste incrível filme que mistura, ação, tradição e representatividade em uma grande obra, considerada por muitos como um dos melhores filmes de origem de super heróis da Marvel.


1 - WuXia

WuXia é um estilo de literatura chinês milenar, que através dos anos se adaptou aos novos meios de mídia, se popularizando e consolidando no imaginário popular por meio de filmes e novelas chinesas. Nesse gênero a história e a fantasia se juntam, criando um estilo narrativo gracioso e encantador. Um dos primeiros precursores do WuXia na literatura chinesa foi justamente o clássico “Jornada ao Oeste” (por Wu Chengen, 1570).


Podemos ver referências ao gênero pelo filme inteiro, contudo a cena mais marcante, parecendo ter sido retirada diretamente das telas do leste, é uma cena no começo do filme, onde Xu Wenwu, pai de Shang-Chi, conhece e se apaixona por Jiang Li, dando início ao romance que resulta no nascimento do pequeno Shang e Xialing, sua irmã mais nova.


É uma linda cena repleta de ação e leveza mágica que só poderia ser possível graças a fantasia e literatura do WuXia.


2 - Nomes e suas histórias